O ar que comeremos

Solar-Foods-makes-protein

Bica Curta servida no CM , 4.ª feira, dia 14 de Agosto

A boca que qualquer pai mandava ao filho recalcitrante “Ah, não estudas? E quando fores grande alimentas-te do ar, não é?” perdeu o sentido. A Solar Foods, usando tecnologia da NASA, transformou o simples ar que respiramos em comida: um pó chamado solein. Não sabe a bica curta, sabe a farinha de trigo e tem células proteicas de laboratório. O solein é CO2, água e electricidade renovável, é amicíssimo do ambiente, dispensa a agricultura. Pode produzir-se às toneladas e alimentar milhões de seres humanos. A criação é de engenheiros finlandeses e chega às lojas em 2021.

Aviso a filhos recalcitrantes: estes engenheiros estudaram!

2 thoughts on “O ar que comeremos”

  1. Ai minha nossa senhora!…mau maria, então que é isto de um ar que se come e sabe a farinha ou lá o que é? Eles lá estudar estudaram, mas é que não faço ideia nenhuma se para bem nosso e deles. E se respirar se torna uma moda ultrapassada estilo calças à boca de sino, estilo, ainda respiras? Que coisa tão parva, isso já não se usa há bué.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.