Os piores inimigos

groening_KOr
Eva Kor com um dos seus torcionários, no julgamento em que testemunhou contra ele

Bica Curta servida no CM, 3.ª feira, dia 9 de Julho

Não há nenhuma ironia, só beleza na morte de Eva Kor. Judia, sobrevivente de Auschwitz, Eva veio morrer, agora, à mesma Auschwitz, aos 85 anos, na sua visita anual ao infame campo de morte nazi.

Mais do que reclamar ajoelhadas desculpas, Eva prodigalizou perdão. Vítima das experiências bárbaras do médico Mengele, Eva proclamou que devemos perdoar aos nossos piores inimigos. Criou, em Indiana, na América onde vivia, um museu para lembrar e perdoar. No amor ao inimigo encontrou, disse, a sua libertação. Explicava: para o amor não é preciso legislação, nem governos, cada um é soberano. Eva bebe agora a bica cheia da eternidade.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.