O sono de Descartes

sommeil-gustave-courbet
Le Sommeil, Gustave Courbet

Nas “Meditações de Filosofia Primeira”, porventura a sua obra-prima (ou será “As Paixões da Alma”?), Descartes afirma: “Esteja eu acordado ou a dormir dois e três dá sempre cinco e o quadrado nunca tem mais de quatro lados.”

Sono sólido: Descartes nunca teve insónias.

ib e o seu marido, Lucien Freud
Ib e o seu marido, Lucien Freud