Não matem a cotovia

Bica Curta servida no CM, 4.ª, dia 7 de Agosto

amazonia.jpg

Andam outra vez a matar cotovias, se me deixam parafrasear o título do velho romance. Quem agora tomba são os militantes ecológicos. Como tordos. Em 15 anos foram assassinados 1558 defensores do ambiente. Os crimes aconteceram em 50 países, sendo as Filipinas o mais perigoso. Na América Latina a razia é também aterradora: matam-se ecologistas, advogados, membros de ONG, activistas. Destes assassínios, 90% ficam sem condenação e até sem investigação. O manto da corrupção e o violento conluio das autoridades cobrem o massacre.

Beba-se ou não a bica curta com a militância ecologista, esta matança é simplesmente bárbara e cobarde