Não matem a cotovia

Bica Curta servida no CM, 4.ª, dia 7 de Agosto

amazonia.jpg

Andam outra vez a matar cotovias, se me deixam parafrasear o título do velho romance. Quem agora tomba são os militantes ecológicos. Como tordos. Em 15 anos foram assassinados 1558 defensores do ambiente. Os crimes aconteceram em 50 países, sendo as Filipinas o mais perigoso. Na América Latina a razia é também aterradora: matam-se ecologistas, advogados, membros de ONG, activistas. Destes assassínios, 90% ficam sem condenação e até sem investigação. O manto da corrupção e o violento conluio das autoridades cobrem o massacre.

Beba-se ou não a bica curta com a militância ecologista, esta matança é simplesmente bárbara e cobarde

4 thoughts on “Não matem a cotovia”

  1. “Wind across the everglades”, (Ray) ecologia avant la lettre. As bestas deviam vê-lo. Mas era-lhes indiferente, hélàs…

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.