Não olhem para o céu

A queda de Ícaro, vista por Marc Chagall: estão todos a olhar para o céu

Olha para o que me deu, trazer hoje aqui uma das minhas Bicas Curtas do CM.

Ícaro volta a cair dos céus aos trambolhões e não mais voará. É essa a vontade da presidente da câmara de Poitiers, em França. Ora vejam: dois aeroclubes em Poitiers ofereciam o baptismo do ar a crianças com deficiências. A senhora presidente, do partido ecologista, cortou os apoios aos aeroclubes. Escreveu, impante: “Os aviões não devem fazer parte dos sonhos das crianças.”

Eis a visão do mundo dos que querem cortar no crescimento: nada de sonhos, nada de dar asas e voar. Olhos no chão, um prato de lentilhas, cortar cerce no imaginário. A lavagem ao cérebro woke, pós-colonial e radical-ecologista anda de peito cheio e ufano.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.