De viés

ai Lisboa

De vez em quando, dá-me para fotografar. Ora, se o mundo é como eu o retrato, das duas uma: ou o mundo está torto ou eu sou um gajo enviesado.

rua céu

E é que tanto é de noite como de dia!

interior

E tanto em exteriores como em interiores.

Sombra

De onde se conclui, o que uma destas mornas noites de Verão atestou, que a fotografar sou uma sombra de mim mesmo.

5 thoughts on “De viés”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.