O supremacista

christchurch-

Bica Curta servida no CM, dia 20 de Março

Um supremacista branco assassinou 50 muçulmanos que rezavam, na mesquita, ao seu Deus. O que é um supremacista branco? Que raiva lhe bombeia o sangue e o arrasta para o crime cobarde? Vejo nele o mesmo fervor tribal, identitário, que anima o neofascismo, o radicalismo ideológico, religioso, étnico, de género.

Todos são ferozes defensores da tribo: um retrocesso civilizacional. Lembro o que o capitão do mato, poeta Vinicius de Moraes, disse orgulhosamente que era: o branco mais preto do Brasil. Dedico-lhe esta bica. Eu também sou branco, preto, judeu, muçulmano. Supremacista branco é a besta que se reduz à merda de uma tribo.

2 thoughts on “O supremacista”

  1. A raiva acesa que se oculta em cada homem é loucura temível. Dantes, a gente acreditava que ela não existia, era ficção de filme. Depois, constatámos que cada homem a calava dentro de si, lhe ia partindo as pernas mondando, sulfatando, cerceando qualquer arrebitar de espigão teimoso. E hoje presenciamos o mal sem travão. Qualquer nome que lhe possamos dar é sempre hediondo e indigno. Nenhum tempo apaga a voz dos inocentes.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.