O ponto G

samantha-sex-robot

Nenhum homem heterossexual voltará a ficar sozinho. A indústria sextech está imparável. Esqueçam lá as bonecas insufláveis: a tecnologia já oferece parceiros sexuais humanóides.

Rostos perfeitos, curvas de valha-me nosso senhor. Para não falar de competências: sexo oral com base em 16 técnicas escolhidas (à mão?) do estudo dos melhores 1200 vídeos da especialidade. Há até uma robot dotada da louvável fantasia que é o ponto G.  Gemem. Bebem a bica curta. Também conversam. Tão compreensivas, tão disponíveis, há casos de paixão assolapada de homens pela sua robot sexual. Nenhum homem voltará a estar sozinho na sua imensa solidão.

Bica Curta publicada no CM

2 thoughts on “O ponto G”

  1. Ai é? Deixa ver isso. Que o tempo corra sobre o assunto, deixá-los experimentar à vontadinha ou à vontadex, é como queiram. Homens que gostem realmente de mulheres não apreciam esses enredos tecnológicos. Mas isto digo eu que, bem vistas as coisas, esses que as querem submissas e a bater a bolinha baixa ficam bem servidos com um robot sexual ou de qualquer outra natureza. Quando se chatearem desancam-nas, saltam-lhes em cima a pés juntos. Mas deixam as mulheres de carne e osso em paz. Que na verdade não as merecem.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.