O anti-Trump

Lage

Bica Curta servida no CM, 4ª feira, dia 22 de Maio

Trump ameaçou apagar o Irão do mapa. Como um Houdini sangrento, quer sorver o fogo da vida de 81 milhões de iranianos, como quem bebe a anti-bica. Trump arrancou bons resultados económicos para o seu povo. Mas a América que amo, a par da riqueza, gostava de estar do lado do bem, e envergonhava-se se não estivesse. Há quem lhe chame fascista, e pronto, já não é nada connosco. Ora o problema de Trump é emocional e cultural. Sempre que usamos a arma da exclusão, somos como ele. O que Bruno Lage disse na festa do SLB, ao dignificar os adversários, é anti-Trump. Pena haver tantos Trumps na política, desporto, até na alta cultura.