Os livros não se rendem

Este sábado, dia 3/12, às 17:00, no auditório da Fundação Eça de Queiroz, em Tormes, tem lugar a apresentação de Os Livros Não Se Rendem, colecção que quer reunir alguns dos melhores ensaios dos últimos 70 anos, da História e Filosofia à Economia, Política e Antropologia.

É mais do que uma apresentação de livros. Começa aqui uma parceria inovadora que é mérito total e exclusivo da Fundação Manuel António da Mota e da Mota Gestão e Participações.

A apresentação será feita por Manuel Carvalho, director do Público, e estará presente o Ministro da Administração Interna.

Dos meus 17 anos de editor da Guerra e Paz este é, pelo significado da colecção, e pela iniciativa que terá lugar a partir dela, o momento mais alto, a mais nobre realização, em que participo.

Convido os meus amigos do Porto, Braga, Viseu e próximos de Tormes, Baião, a virem assistir ao evento.

2 thoughts on “Os livros não se rendem”

  1. Ok. Depois bote aqui o discurso (o seu, Manuel) que é para a malta da parvónia ter uma ideia.
    E parabéns, já tinha percebido que esta colecção é um bocadinho a menina dos seus olhos. Pois não foi a filha que lhe deu nome?! Então…

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.