A minha araucária

Esta é a minha araucária. É minha, por ser a araucária que vem, todos os dias, assomar-se à minha janela e espreitar para dentro de casa. Gosta de ver se estou de chinelos ou descalço, se trago dois pares de peúgas nos dias mais frios. Olha-me com uma ponta de ironia e duas simétricas pontas de ternura. Tudo lhe devolvo em admiração e algum amor: minha querida conífera.

1 thought on “A minha araucária”

  1. Faz-nos bem ter uma árvore a espreitar à janela, não é coscuvilhice, Deus nos livre de pensá-lo. É antes a curiosidade amorável de quem nos conhece e quer bem. Tenho assim uma árvore e pássaros lestos no peitoril. Não é araucária, é um deus benévolo de braços abertos em todas as estações..

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.