Servimos delícias

A melhor Feira do Livro de sempre da Guerra e Paz merece a delícia de uma conversa como esta. O que é que uma poeta tem a dizer a dois linguistas? E o que têm dois linguistas, Fernando Venâncio e Marco Neves, a dizer à poeta Eugénia de Vasconcellos? Tudo? Nada? Suponhamos que todos têm tudo a dizer. Como se mete tudo no tão pouco tempo que são 45 minutos? E se, obstinados, não quiserem dizer nada uns aos outros? O que acontecerá à Feira do Livro, a Lisboa, submersas em 45 minutos de imperturbado e espesso silêncio?

Não é um dilema, é uma delícia o que neste domingo, às 14:00, num dos derradeiros eventos da Feira do Livro, vai acontecer no pavilhão Poente, lá no alto do Parque Eduardo VII, do lado esquerdo de quem sobre vindo do Marquês. Eugénia, Fernando e Marco, três autores da Guerra e Paz.

4 thoughts on “Servimos delícias”

  1. Têm um ar honesto, inspiram confiança. Desejo bons momentos a todos e à menina Eugénia em especial, por ser quem é, escrever poesia de forma muito sua, usar sorriso de receber amigos e me ter deliciado com textos em prosa no “escrever é triste”.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.