Como jaquinzinhos

alx_amazonas

Bica Curta tirada no CM, 3.ª feira, diz 23 de Julho

“Capillaria” é um romance húngaro de 1921, e é o nome de um país habitado por belas e gigantescas mulheres louras, rosto angélico, pele alabastrina. Não há homens, mas há imensos e pequenos seres em forma de órgão sexual masculino. Diz-se que estimulam a reprodução da espécie e as mulheres acham-nos saborosos. Petiscam-nos como se fossem jaquinzinhos. As mulheres são sensualíssimas. Um aroma, um sabor, uma música causam-lhes arrebatadores orgasmos. E a bica curta, por certo.

Será o nosso crispado mundo de géneros já um cruzeiro a caminho dessa Capillaria que rifou os homens e se consola numa luxúria auto-suficiente?

4 thoughts on “Como jaquinzinhos”

  1. Deglutir algo ou alguém, visto sob certo prisma, é tornar o deglutido, com ou sem mastigação, si mesmo, entranhá-lo; parece-me, sob esse ponto de vista, amoroso, dois tornam-se um. Mas há no acto uma supremacia repelente, que aniquila o outro. Amando, são dois e têm de continuar dois para que a estética e o interesse do sentimento se mantenha. Essas senhoras daí não chegam a ser um feliz imaginário.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.