De costas viradas

Bica Curta pós eleitoral, servida no CM, 3.ª feira, dia 28 de Maio

eleicoes-europeias

Saiu curta a bica eleitoral: 68,6% dos portugueses não a beberam. À Europa, abrimos os bolsos e viramos as costas. É desprezar o único cenário de futuro digno. Na Europa, a extrema-direita cresceu. Menos do que se temia; o suficiente para esvaziar a essencial e necessária direita democrática, em países chave. Em Portugal, a brutal abstenção e o recuo da direita democrática abrem portas a populismos. Precisamos que a negra bandeira dos extremismos – segurança, identidade, imigração – seja, na Europa, chamada sem medo a debate. Direita e esquerda têm de tirar de mãos extremistas o falso pão que fingem levar à boca do povo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.